MAROCAS

Maio 31 2021

O que dizer sobre o pão

Mais do que um hábito de consumo, o pão faz parte da cultura portuguesa: temo-lo de todos os tipos e sabores. No entanto, é preciso saber escolher.

 
 
 

O pão é um alimento que acompanha o homem há muitos e muitos séculos, e que subsiste até aos dias de hoje como parte integrante e bastante presente na alimentação em todos os locais do mundo.

Um pouco de história

Quando o Homem decide sedentarizar-se, começa a descobrir que existem cereais selvagens que pode consumir. Começa a perceber que condições favorecem o seu aparecimento, crescimento e posterior cultivo. Ou seja, começa a fazer agricultura e a evoluir em relação à matéria-prima em si e às formas de cultivar estes cereais, bem como a progredir nos métodos de colheita e armazenamento. Estes cereais, que inicialmente eram consumidos crus, passaram a ter outras formas de consumo: torrados ou cozinhados e já mais tarde moídos para dar origem à farinha. Foi o povo egípcio que descobriu uma nova forma de trabalhar essa farinha, que após a ligação à utilização do forno, dava origem a uma massa fofa e bastante saborosa.

 

Em diante funcionou como moeda de troca em comunicações comerciais mas também como forma de pagamento por serviços prestados. Na Idade Média, era o pão escuro e duro o alimento dos mais desfavorecidos, do povo, enquanto os senhores das terras e do clero comiam o pão mais fofo, fresco e com mais sabor.

O consumo de pão em Portugal

Em Portugal, o pão faz parte dos hábitos alimentares de toda a população. Segundo o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, realizado em 2015-2016, os portugueses consomem em média 100g de pão por dia, sendo os idosos os maiores consumidores (113g/dia). No entanto, tanto as crianças como os adolescente consomem mais do subgrupo bolos, doces e bolachas do que pão.

 

O consumo de pão está ainda muito associado ao aumento de peso e à ingestão de sal, contudo, durante a quarentena, talvez pela necessidade de restringir as saídas de casa, o pão caseiro foi um alimento que ganhou espaço nas cozinhas dos portugueses, chegando mesmo a esgotar algumas farinhas e fermentos nos vários locais de venda.

 

Hoje sabe-se que o consumo de pão por si só não promove o aumento de peso, mas sim a quantidade excessiva que se ingere, não só de pão, mas, do que se escolhe para o rechear ou acompanhar. Além disso, há que ter atenção também aos substitutos para ele encontrados, bem como de todos os outros alimentos que constituem a dieta habitual da pessoa. O obstáculo nem sempre é o pão, por isso, se pretende perder peso ou ter uma alimentação mais saudável, não deixe de consultar um(a) nutricionista.

 

Em relação ao teor de sal, foi publicada uma lei em 2009, Lei n.º 75/2009, que estabelece como teor máximo de sal de 1,4g por cada 100g de pão. No mesmo ano foi firmado um acordo com a industria de panificação que estabelece a redução gradual para 1g de sal por 100g de pão até final de 2021.

Os diferentes tipos

Para fabricar pão é necessário ter farinha, água, sal e fermento. As farinhas são obtidas através de grãos de cereais como o trigo, o milho e o centeio. É possível também adicionar sementes ou frutos secos. Da combinação de todos estes ingredientes resulta uma série de possibilidades, que cada zona do país trabalha e chama como sua, tornando-se o pão característico dessa zona.

 

Ao nível nutricional, nem todos os pães são iguais. Começando com o tipo de cereal que deu origem à farinha e o facto de esta poder ser mais ou menos refinada, passando pela adição de mais ou menos sal, de sementes ou frutos secos, azeitonas ou passas. Todos estes aspetos fazem variar a qualidade do pão. No entanto, na sua generalidade, o pão é uma excelente fonte de energia por ser um alimento rico em hidratos de carbono complexos e sem adição de açúcares ou de gordura. A quantidade de fibra e de vitaminas e minerais é variável consoante o cereal e o refinamento da farinha utilizada, uma vez que no processo de refinação da farinha perde-se a casca do cereal, onde se concentra a fibra e uma série de vitaminas e minerais importantes, sendo um pão mais rico aquele que for constituído por uma farinha menos refinada.

 

O pão é um alimento muito versátil, que pode ser consumido de variadas formas, e também assume vários formatos, tamanhos e densidades. De um modo geral, um pão mais rico em fibra terá um índice glicémico mais baixo, o que contribui para uma resposta mais lenta na glicemia e para uma saciedade maior e mais prolongada. De seguida seguem-se os tipos de pão mais comuns e um resumo das suas características e influências.

 

 Carcaça ou Papo-seco

 

É um pão à base de farinha de trigo bastante refinada, o que resulta num pão leve e fofo, mas pobre em fibra. Ou seja, a sua digestão/absorção é habitualmente mais rápida, não trazendo uma sensação clara de saciedade.

 

Pão de Mafra

 

Apresenta várias configurações, desde redondo a retangular ou em forma de bola. É um pão com mistura de farinha de trigo tipo 80 e de centeio, com uma elevada percentagem de água tornando o miolo macio. Pela mistura de farinhas, tem um pouco mais de fibra que o pão anterior.

 

Pão Alentejano

 

É um pão de grandes dimensões feito com farinha de trigo geralmente tipo 65. É conhecido por todo o país como um pão denso e compacto e é esta característica em concreto que o torna um pão pesado. Apesar de ter uma farinha de tipo 65, um pouco menos refinada que a utilizada para a carcaça, não é muito diferente desta em fibra.

 

Pão de Centeio

 

Feito à base de farinha de centeio assume uma tonalidade mais escura que o pão de trigo. Pode também encontrar-se pão de centeio integral, onde a farinha é menos refinada e, por isso, com mais fibra.

 

 Pão de Milho ou Broa de Milho

 

Neste tipo de pão prevalece a farinha de milho, apesar de em alguns locais haver mistura com farinha de trigo. Tem o miolo denso e macio, por isso torna-se um pouco pesado.

 

Pão integral

 

É feito de uma farinha de trigo muito pouco refinada, conferindo-lhe um alto teor em fibra, tendo uma digestão/absorção mais lenta e uma maior saciedade. A este pão é bastante comum a adição de sementes, o que contribui para melhorar o paladar e aumentar a fibra.

 

Pão São Diabetes

 

Tem uma grande mistura de ingredientes como as farinhas de trigo, de centeio e de tremoço, flocos de aveia, sementes de girassol e linhaça, entre outros, que contribuem para a riqueza em fibra e vitaminas e minerais. Por isso, tem também uma digestão/absorção lenta. Este pão conta também com redução de sal, um teor proteico superior aos restantes e é enriquecido com ómega-3.

 

Pão Low-Carb e Shap

 

Nestes tipos de pão verifica-se uma redução significativa da quantidade de hidratos de carbono, contendo geralmente uma grande variedade de sementes. Mais rico em proteína e gordura. Espera-se que tenham também uma absorção lenta, apesar de não haver informação que o possa confirmar.

 

 Pão de Forma

 

O pão de forma industrial utiliza, na sua maioria, uma farinha muito refinada e tem habitualmente adição de açúcar bem como de outros conservantes. Há, também, versões com uma farinha mais integral ou com mistura de cereais e até com 0% de adição de açúcar. Os rótulos são sempre uma boa ajuda.

Comparar os diferentes tipos

A tabela que se segue resume a informação nutricional de alguns pães (por 100 g de pão) para que possa comparar:

 

Nesta segunda tabela é possível encontrar a composição nutricional de alguns alimentos que, em muitos casos, são as escolhas das pessoas quando querem ou acham que devem evitar o pão. Como se pode ver e comparando valores, são alimentos mais pobres em fibra, muitos com adição de açúcar, com muito mais quantidade de gordura e geralmente de má qualidade, do tipo trans/hidrogenada ou saturada.

 

Uma das regras principais de uma alimentação saudável é esta ser variada. Além disso, um dos fatores importantes para um bom controlo da diabetes é o controlo da quantidade e da frequência. Varie o máximo que puder, controle a quantidade que ingere e evite os alimentos mais ricos em açúcar e em gordura de má qualidade.

https://www.diabetes365.pt/cuidar/o-que-dizer-sobre-o-pao

publicado por Fernando Ramos às 21:03

Maio 27 2021
 

A glândula da próstata e seu efeito sobre nós (somente homens).

Maio 27 2021

A glândula da próstata e seu efeito sobre nós (somente homens).

 

Útil para todos os homens com mais de 40 anos:

Um artigo / conversa útil sobre Hiperplasia benigna da próstata (BPH) ou, em termos simples, próstata aumentada. 

A dieta é a parte mais importante dessa conversa, que é algo que está sob nosso controle; e funciona.

TEXTO COMPLETO DA CONFERÊNCIA DE SAÚDE DA PRÓSTATA

Os homens devem ler

Eu estou aqui para falar com você sobre a próstata. O tópico é enganoso. 

A próstata é estritamente para homens? Sim, apenas homens têm próstata e apenas homens com mais de 40 anos, mas a iluminação da saúde é para todos. Não há mulher que não conheça um homem de 40 anos e acima, pai, tio, irmão, filho, amigo, vizinho, colega... 

Essencialmente o que vou fazer hoje é a promoção da saúde. A promoção responsável da saúde deve fornecer três coisas:

  1. Informação
  2. Garantia
  3. Um plano de acção.

 

Deixe-me começar com um histórico sobre a saúde da próstata.

D é a LAWMA (empresa de gestão de resíduos) do seu corpo. Todos os dias seu sangue passa pelo rim várias vezes para ser filtrado. Como o sangue é filtrado, a urina é formada e armazenada em um tanque de armazenamento temporário chamada bexiga urinária. Se não houvesse bexiga urinária, à medida que um homem caminha na estrada, a urina cairia.

Agora pense no trabalho de canalizacao em sua casa. Pense na bexiga urinária como o tanque de armazenamento suspenso. Do tanque de armazenamento, um bom encanador ou canalizador vai levar canos para outras partes da casa, incluindo a cozinha. Deus em Sua sabedoria correu canos de nossa bexiga urinária até a ponta do pênis. O tubo é chamado a uretra. Logo abaixo da bexiga e em torno da uretra há um pequeno órgão chamado próstata.

A próstata é do tamanho de uma noz e pesa cerca de 20 gramas. Seu trabalho é fazer o fluido seminal que é armazenado na vesícula seminal. Durante a relação sexual, o fluido seminal desce pela uretra e se mistura com os espermatozóides produzidos nos testículos para formar o sémen. Então, sémen tecnicamente não é esperma. É espermatozóide + fluido seminal. O fluido seminal lubrifica o esperma.

Depois dos 40 anos, por razões que podem ser hormonais, a próstata começa a aumentar. De 20 gramas pode crescer para quase 100 gramas. À medida que aumenta, aperta a uretra e o homem começa a notar mudanças no modo como urina.

Se você tem um filho com menos de 10 anos, se ele tiver um pouco de travessura como todos nós fizemos nessa idade, quando ele sair para urinar, ele pode atingir o teto e o jacto atingirá o alvo. Chame seu pai para fazer o mesmo, wahala dey.

Sua corrente de urina é fraca, não pode percorrer longas distâncias e às vezes pode descer directamente sobre suas pernas. Então, ele pode precisar ficar em posição desconfortável para urinar.

Não há muitos homens preocupados com o fluxo de urina que não atinge o teto. Banheiros estão no chão e não no teto. Mas outros sintomas começam a aparecer.

  1. GOTEJAMENTO TERMINAL:

O homem começa a notar que depois de urinar e reembalar, a urina ainda cai em suas calças. Esta é a razão pela qual depois que um homem mais velho urina, ele tem que tocar campainha. Um homem mais novo simplesmente desce até a última gota e se afasta. Basta ver um homem mais velho vindo do banheiro. Às vezes ele pode apertar o jornal de pe                                                                                                                                       2. HESISTÊNCIA

Nesse ponto, você espera mais tempo para que o fluxo de urina comece. Existem 2 válvulas que devem abrir para você urinar - os esfíncteres internos e externo. Ambas abertas, mas devido a obstruções na uretra, você espera mais tempo para o fluxo começar.

 

  1. Vazamento INCOMPLETO

Você tem esse sentimento imediatamente depois de urinar que ainda resta alguma coisa. Como todas estas coisas acontecem, a bexiga começa a trabalhar mais para compensar a obstrução na uretra. A frequência de micção aumenta. Urgência se estabelece. Às vezes você tem que praticamente correr para o banheiro. 

A noite também se torna comum. Você acorda mais de 2 vezes à noite para urinar. Sua esposa começa a reclamar. Homens que são homens não podem falar com ninguém, mesmo neste momento. Então as complicações mais sérias começam.

  1. A urina armazenada é infectada e pode haver sensação de ardor ao urinar.
  2. A urina armazenada forma cristais. Os cristais se juntam para formar pedras na bexiga ou no rim. 

iii. As pedras podem bloquear a uretra.

  1. A retenção urinária crónica se instala. 
  2. A bexiga armazena mais e mais urina. 
  3. O tamanho da bexiga é 40 - 60cl. Uma garrafa de coca é 50cl. Como a bexiga armazena mais urina, pode aumentar até 300cl. 

vii. Uma bexiga cheia demais pode vazar e isso leva a humedecimento / incontinência urinária. Além disso, o volume pode pressionar o rim e causar danos nos rins.

O que provavelmente pode levar o homem ao hospital é a retenção urinária aguda. Ele acorda um dia e não consegue urinar.

Tudo o que descrevi acima está associado ao aumento da próstata, tecnicamente chamado de hiperplasia benigna da próstata.

 

Existem outras doenças da próstata como:

  1. Prostatite - inflamação da próstata
  2. Câncer de próstata - câncer de próstata.

 

Esta discussão é sobre o aumento da próstata. Eu tenho más notícias e boas notícias.

üA má notícia é que todo homem terá o aumento da próstata se ele viver o suficiente.

 

ü A boa notícia é que existem mudanças no estilo de vida que podem ajudar o homem após 40 anos a manter a saúde da próstata.

 

NUTRIÇÃO

Olhe o que você come. 33% de todos os cânceres, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer dos EUA, estão relacionados ao que comemos.

 

Carne vermelha todos os dias triplica suas chances de doença da próstata. Leite todos os dias dobra seu risco. Não tomar frutas / legumes diariamente quadruplica seu risco.

 

Tomates são muito bons para os homens. Se essa é a única coisa que sua esposa pode apresentar à noite, coma-a com alegria. Tem muito licopeno. 

 

O licopeno é o antioxidante natural mais potente. Alimentos ricos em zinco também são bons para os homens. Recomendamos sementes de abóbora (ugbogulu). O zinco é o elemento mais essencial para a sexualidade masculina e fertilidade.

 

Os homens precisam de mais zinco que as mulheres. Toda vez que um homem ejacula ele perde 15mg de zinco. O zinco também é importante para o metabolismo do álcool. Seu fígado precisa de zinco para metabolizar o álcool.

 

CONSUMO DE ÁLCOOL

Como os homens começam a ter sintomas urinários associados ao aumento da próstata, é importante que eles olhem para o consumo de álcool. Mais fluido significa mais fluido. Beber menos e devagar.

 

 

 

EXERCÍCIO

O exercício ajuda a construir o tônus muscular. Todo homem deveria se exercitar Homens com mais de 40 anos devem evitar exercícios de alto impacto como jogging. Isso coloca pressão nos joelhos. Andar de bicicleta é uma má notícia para a próstata. Recomendamos uma caminhada rápida.

 

Maneira de SENTAr

Quando nos sentamos, dois terços do nosso peso repousa sobre os ossos pélvicos. Homens que se sentam mais são mais propensos a sintomas da próstata. Não se sente por longas horas. Caminhe sempre que puder. Sente-se em cadeiras confortáveis. Recomendamos uma cadeira de sela dividida se você precisar ficar sentado por muitas horas.

 

VESTUARIO

Os homens devem evitar roupas íntimas apertadas. Isso afecta a circulação ao redor da virilha e aquece um pouco. Enquanto a temperatura fisiológica é de 37 graus, a virilha tem uma temperatura ideal de cerca de 33 graus. Calça é um não - não para os homens. Use boxers. Use roupas respiráveis.

 

FUMAR

Evite fumar pois afecta os vasos sanguíneos e afecta a circulação ao redor da virilha.

 

SEXO

Sexo regular é bom para a próstata.

 

Os celibatos são mais propensos à doença da próstata. Enquanto o celibato é uma decisão moral, não é uma adaptação biológica. Sua próstata é projectada para esvaziar seu conteúdo regularmente.

Pensei: Quando alguém compartilha algo de valor consigo e que te beneficie, lembre que tens a obrigação moral de compartilhá-lo com outras pessoas porque alguém em sua lista de amigos pode ser salvo.

 

"Pedaços de limão em um copo de água quente podem salvá-lo para o resto de sua vida", diz o professor Chen Horin, diretor-executivo do Hospital Militar de Pequim. Mesmo se você estiver ocupado, você deve olhar para esta mensagem e passá-la para os outros!

 

Limões quentes podem matar células cancerígenas!

  1. Corte o limão em três pedaços e coloque-o em um copo, em seguida, despeje a água quente, ele se tornará (água alcalina) e beba todos os dias certamente irá beneficiar a todos.

 

  1. Limões quentes podem mais uma vez liberar uma droga anti-câncer.
  2. Suco de limão quente tem um efeito sobre tumores cancerígenos e tem mostrado tratamento para todos os tipos de câncer.

 

  1. O tratamento com este extracto destruirá apenas as células malignas e não afectará as células saudáveis.

Segundo: Os ácidos e o ácido monocarboxílico no suco de limão podem regular a hipertensão e proteger as artérias estreitas, ajustar a circulação sanguínea e reduzir a coagulação sanguínea.

 

Depois de ler, fale com outra pessoa e passe-a para alguém que você ama e cuide da sua saúde pessoal.

 

Conselho:

O professor Chen Horin indica que qualquer um que tenha recebido esta carta tem pelo menos a garantia de salvar a vida de alguém... 

 

Eu fiz a minha parte, espero que você me ajude a espalhá-la também.

Traduzido por

 

Dino Chicote

 

publicado por Fernando Ramos às 19:59

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO