MAROCAS

Julho 04 2005
ESTOU TÃO ARREPENDIDO....

... Mais uma piada de (sobre) português, no Brasil, que deu barraca!

Via - PortugalClub - lista de discussão da emigração portuguesa na net - e-mail: portugalclub@cardigos.com.br

De : Carlos Fino
A MADRUGADA PASSADA, NO DECORRER DO DEBATE DA CPI DOS CORREIOS, O SENADOR NEY SUASSUNA, QUERENDO SIGNIFICAR QUE A POLÍCIA BRASILEIRA AGE, POR VEZES, DE FORMA POUCO INTELIGENTE, DEIXOU ESCAPAR O SEGUINTE COMENTÁRIO : "ATÉ PARECE POLÍCIA PORTUGUESA...".

O EMBAIXADOR DE PORTUGAL NO BRASIL, FRANCISCO SEIXAS DA COSTA, ENVIOU DE IMEDIATO UMA MENSAGEM AO EX. SR. SENADOR, QUE RESPONDEU HOJE, AO FINAL DA TARDE. SÃO ESSES DOIS TEXTOS QUE EM SEGUIDA SE TRANSCREVEM.


Brasília, 1 de Julho de 2005


Senhor Senador


Tomei nota, com um sentimento de espanto e tristeza, do comentário com que V. Exa. atingiu os Portugueses, há poucos minutos, durante o debate na CPI dos Correios. Portugal e os Portugueses que aqui vivem, e que muito deram e dão para a construção deste grande País, não eram merecedores que um representante político do seu gabarito recorresse a preconceitos que nos habituamos a ver ecoados nas graçolas de
baixo nível, nos cómicos de televisão ou por escribas recalcados. Nem a Polícia portuguesa, cuja estreita cooperação a sua congénere brasileira se não cansa de elogiar, merecia ser tratada como o foi.

Dirá V. Exa. que se tratou de um comentário sem intenção, sem sentido insultuoso, na passada do discurso. Mas o comentário lá ficou, feito por um político altamente responsável, representante qualificado de um partido político central da democracia brasileira. Como embaixador de Portugal, não posso deixar de o lamentar e registar.


Com respeitosos cumprimentos


Francisco Seixas da Costa

Embaixador de Portugal no Brasil




Senhor Embaixador,


Infelizmente, a palavra lançada, flecha que fere, não se pode recolhê-la.

Não sabe Vossa Excelência o quanto me dói constatar a sabedoria embutida nesse provérbio popular, de origem ancestral, quando reconheço a infelicidade do comentário que fiz durante a minha interpelação ao Deputado Roberto Jefferson, pela injustiça à amada Pátria portuguesa e a sua gente irmã e amiga, nossos ascendentes diretos.

Dói-me mais profundamente por não refletir o meu pensamento e a minha relação de respeito, cordialidade e admiração pelo povo e pela nação portuguesa, mãe saudosa do nosso jovem país, de quem sem dúvida herdamos, pelo exemplo, alguns dos nossos melhores atributos.

Senhor Embaixador, acredito que não serão as palavras, mas o sentimento de enorme desconforto que ora me aflige que poderá redimir-me perante a delicada e acolhedora alma portuguesa.

Aceite as minhas sinceras desculpas, transmitindo-as ao povo e ao Presidente de Portugal, e à colônia portuguesa aqui residente, que com extraordinário talento, entusiasmo, generosidade e força de trabalho foi determinante na construção do Brasil.

Respeitosamente,

Senador Ney Suassuna

(publicado no www.fumacas.weblog.com.pt - os meus agredecimentos ao fumacas)
publicado por Fernando Ramos às 21:46

Visitas
(desde 14.7.2012)
Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
16

17
18
20
21
23

24
28
30

31


favoritos

CHIA BENEFICIOS

pesquisar
 
blogs SAPO