MAROCAS

Setembro 13 2005
chuva-15.jpg

SAUDADE DE INVERNO

O inverno chegou, a chuva
miudinha começa a bater
na vidraça de minha janela,
o vento assobia como se fosse
por magia, anunciando
os dias tristes
que se aproximam
Este é sempre um sinal
de que o Inverno começou
Lembrando o passado
de anos próximos,
onde meus pais no início
da época das chuvas e do frio
me aconchegavam, junto
da janela olhando a chuva
e ouvindo o velho vento

Que saudades eu tenho deles
e destes momentos, bom Deus
os chamou ainda cedo,
deixando-me só nesta velha
casa, onde todos os dias
à minha lareira, junto
da ombreira da porta os recordo
E ao ouvir o vento
como neste Inverno,
me lembro da voz de minha
mãe gritando para não
me aproximar da porta da rua,
porque o vento e a chuva
daquela altura do ano
me poderia trazer doenças
próprias de Inverno

Pai, mãe, deixaram-me só
com a recordação
dos nosso Invernos
Mas o velho vento
e a chuva miudinha
que sempre bate
na nossa vidraça,
esses ficaram
para outros Invernos
como minhas lembranças futuras.

Fernando ramos - em www.meuslivros.com.pt
03.07.2005
publicado por Fernando Ramos às 19:25

Visitas
(desde 14.7.2012)
Setembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16

18
20
22
23
24

26
28
30


favoritos

CHIA BENEFICIOS

pesquisar
 
blogs SAPO